segunda-feira, novembro 05, 2007

Friends with benefits

Este mês a revista Happy tem um artigo sobre “Friends with benefits” vulgarmente conhecido na Tugolândia por “amigos coloridos”. Confesso que ainda não entendi muito bem esta designação nem com que paleta se pintam os ditos amigos e muito menos com que cores... Se calhar devia arranjar um!!! Para mim um amigo colorido seria apenas uma questão de raça. Poderia ser um chinês (amarelo), um africano (preto), um índio (vermelho), um albino (branco) que não é bem uma raça e se calhar também não serve como cor, já que o branco é a cor que reflecte todos os raios luminosos, não absorvendo nenhum e por isso aparece como clareza máxima. Portanto, amigo colorido albino não dá, e ainda bem porque confesso que não gosto nada do nome! Mas voltando aos amigos (friends) e deixando o colorido que nem sequer é sinónimo de benefits e tendo como exemplo o dito artigo, fiquei ainda mais baralhada já que no mesmo se falava da última tendência feminina para arranjar “amigos”, ou seja, companhia masculina a troco de uma das roxas, as da arquitectura moderna e que tem um 5 e mais dois 0. Sempre ouvi dizer que “amigos, amigos... negócios à parte” mas... Estou a ficar fora de moda! Primeiro porque não tenho nenhum amigo colorido, nem tenho nenhum amigo albino, nem Albino e pior, nem sequer tenho uma de 500 para providenciar um “à maneira”! Depois há as dúvidas... Será que o dito “benefit” se resume à ‘s word’? É porque se assim não for eu tenho muitos friends e alguns benefits com eles, mas nada que comece com ‘s’, pelo menos por enquanto. Bem, com ou sem benefícios, com ou sem cor, venham os amigos!!! ;)

2 comentários:

Herly disse...

Eu sempre ouvi fuck buddies, mas penso que lendo o teu artigo a designação esteja um passo à frente =]

Aninha disse...

Comigo é tudo muito à frente... eheheh É só animação, ao contrário da loira... ;)