terça-feira, março 04, 2008

a pensar morreu um burro...

O pior de quem anda muitas horas sozinha de carro é passar demasiado tempo a pensar no que não deve ou se calhar até deve mas não costuma porque normalmente chega-se a conclusões importantes que deixam de o ser porque não damos valor por pensar que só pensámos isso por estarmos muito tempo sozinha, logo, sem pensar coerentemente, ou talvez não! Credo, até a mim me baralhei com esta frase… Mas adiante! A conclusão de tal pensamento pensado numa das muitas horas ao volante foi a de que às vezes é bom pensar mesmo que nem sempre sejam igualmente boas as conclusões. Cheguei a algumas boas e a outras um pouco menos. Não as vou partilhar como é evidente mas quem me conhece bem vai vê-las ou até senti-las. Algumas já se têm sentido principalmente ao fim de semana… Neste momento está o FM, uma das vítimas, a pensar que mais valia ter ido de comboio porque assim ia a dormir e em vez de pensar, ia a sonhar e podia ter a sorte de não me lembrar. Não, não pensei em como poupar no ginásio dos clientes do Vice, já que de tanto se rirem da palhaça de serviço não precisam de fazer mais abdominais, nem como fazer “backing vocals” nas novas músicas do Julio Iglésias ou sequer arranjar coreografias e traduções cada vez que alguém pega no micro. Simplesmente andei mais disposta a compensar emoções. Durante o dia era o misto da paisagem fantástica com a irritação do que tinha ainda para fazer, do enjoo das curvas, da velocidade no pico mais alto e mais baixo, as dores nas costas e a vontade de chagar a casa. À noite… À noite era a desgraça porque depois do sufoco há que “soltar a franga! Enfim, resta-me partilhar a conclusão de alguém que resolveu ir sozinho pró Alasca…

3 comentários:

Cathy disse...

.. é bom partir à descoberta, conhecer o mundo, mas nada melhor que essa descoberta seja partilhada com alguém :)

liamaral disse...

Isso de que andar tantas horas sózinha de carro, dá para pensar em tudo e mais alguma coisa, eu assino por baixo!! Também sofro do mesmo mal!!

Em relação ao resto, diz lá que não tem sido bom!!

Obrigada! :)

Aninha disse...

Partilhar é bom, é sim sra... Nesta odisseia, e no meio dos pensamentos fui partilhanod com fotos e telefonemas... Como diz o ditado, quem não tem cão... ;)
Quanto ao resto tem sido muito bom pelo menos para mim e para a Lili e já é o suficiente... :P