quarta-feira, janeiro 16, 2008

Finalmente....



Custou mais finalmente foi, depois de mexer, remexer e voltar a mexer lá consegui pôr esta coisa a funcionar... para teimoso, teimoso e meio e isto de facto já se estava a tornar uma questão pessoal, tinha de arranjar maneira de conseguir pôr a funcionar a Internet no meu pc!

Estou na capital, desde domingo e cá me manterei até sexta feira, está a ser uma experiência engraçada, diferente em vários sentidos, não só porque estou uma semana fora da minha linda cidade, uma semana fora da minha casinha, longe do meu namorado e sozinha num hotel em que tenho de acender uma luzinha de presença senão não consigo adormecer.. eh pá sou uma criança numa cidade muito grande é normal!!! :)

Agradeço à minha mana lisboeta e a um Sr. Dr. Anónimo Especialista (Pinky), cujo nome ainda estou proibida de revelar por toda a hospitalidade até então, têm servido de amas secas e carregado comigo para todo o lado, a verdade é que têm sido uma excelente companhia, sinto-me quase como se estivesse em casa, só faltam cá duas coisas para ser perfeito... a minha outra mana que chega na quinta e o o Bábinho como chama a Ju.

Bem após agradecimentos e desvaneios vou tentar dormir... amanhã é outro dia..

4 comentários:

FM disse...

É a Internet tem destas coisas... (risos) É a Internet e a Vida... (risos)
Quando é que as "Outras duas" se atrevem a escrever no Bloguinho!??! Vergonha ou... falta de interesse?!? (risos)

Herly disse...

Caso para dizer....

I'ma a big big girl in a big big world!!!

TM disse...

A vida é feita de viagens...
de idas e voltas...
de alegrias e angústias...
de vivências e convivências...

Já não vivemos sem ipod, sem o computador, sem a web, sem o telemóvel...

Estamos presos à maravilhosa tecnologia. Mas que quando não está acessícvel, se torna incrívelmente irritante e angustiante.

Enfim, I'm a technological-men, nesta aldeia global, onde predominam os calimeros*

*calimeros - pessoas que se queixas sistematicamente por apenas 2 razões: por tudo e por nada. Que não olham para a frente. Que não evoluem nem desenvolvem.
Que se agarram às fraquezas deste país, em vez de se agarrarem às inúmeras virtudes e oportunidades que por cá pairam..
Enfim são portugueses...

E apesar de não falares de mim uma única vez no Blog :) cá estou a deixar o meu comment...

TM

Cathy disse...

Sr. Eng, deixa me que lhe diga que escreve muito bem, obrigada por ter deixado o seu comentário no nosso humilde blog, espero que o "nunca mais escrevo" se tranforme em "estou ansioso por voltar a escrever"...